quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Atuação do Fisioterapeuta no Kabat

http://www.institutocefisa.com.br/design/imagens/sistemas/cursos/eced6e46372bd0c9ba9214c61e8da93d/ampliacao/1378.jpg

O fisioterapeuta deve realizar a escolha e o uso dos processos básicos mais adequados a cada caso. Também podemos associar processos básicos de FNP com cinesioterapia convencional, por exemplo, utilizar o padrão de facilitação, contatos manuais estímulo e reflexo de estiramento com exercícios assistidos.

Os padrões de facilitação são padrões de movimento tridimensionais, que provocam facilitação ou inibição para se obter o máximo aproveitamento da energia nervosa. O componente fundamental é a rotação. Quando um padrão é utilizado a resposta muscular é mais fácil, mais coordenada e mais poderosa.

Curso online do Método Kabat

Curso online de Técnicas Posturais

O estímulo de estiramento é a posição do começo do padrão, na qual são alongadas ao máximo todas as estruturas musculares que intervêm nesse padrão. Alongando ao máximo o músculo, estamos estimulando os fusos neuromusculares e facilitando o reflexo de estiramento. O estímulo de estiramento é importante para se obter um bom início de contração muscular.

A tração (separação das superfícies articulares) e a aproximação (compressão das superfícies articulares) são duas manobras opostas, em ambas estimulam os receptores articulares que são: os corpúsculos de Golgi que estão localizados nos planos de flexo-extensão das cápsulas articulares, corpúsculos de Hulfini que estão localizados nas partes laterais. Estes receptores articulares fazem parte do sistema sinestésico que vai dar a sensibilidade profunda consciente, a sensação da posição do seguimento no espaço. No tratamento, o uso da tração parece promover movimento, enquanto a aproximação, estabilidade ou manutenção de postura.

O reflexo de estiramento pode ser provocado manualmente levando rapidamente à parte do corpo mais adiante do ponto de tensão, tendo a certeza de que todos os componentes estão estirados; especialmente de que a rotação está correta. Exatamente, no mesmo instante em que se provoca o reflexo, o paciente tenta executar o movimento. O reflexo de estiramento pode ser usado para iniciar o movimento voluntário, assim como para aumentar a força e intensificar uma resposta mais rápida nos movimentos fracos.

O contato manual é o contato direto da mão do terapeuta nas zonas de propriocepção do paciente. Para controlar o movimento e resistir à rotação, o terapeuta utiliza-se de contato lumbrical. Usa-se um contato manual distal e outro proximal. Iremos atuar sobre os esteroceptores, especialmente de pressão e cutâneo.

O comando verbal é a comunicação com o paciente para solicitar a atividade. É uma forma de facilitação através da via auditiva. O comando verbal diz ao paciente o que fazer e quando fazer. O comando dever ser dado para o paciente e não para a parte do corpo que está sendo tratada. O volume no qual o comando é dado pode afetar a força do resultado de contração muscular, por isso, o terapeuta deve utilizar um comando mais alto quando uma contração muscular de maior intensidade é desejada e usar um tom mais calmo e tranquilo quando o objetivo é o relaxamento ou alívio da dor.

O estímulo visual é o acompanhamento do movimento pelos olhos e cabeça do paciente, que precisa ver onde está indo e entender o que é esperado dele. É necessário olhar o paciente e comunicar-se visualmente para observarmos se o paciente entendeu o que você deseja e verificar também se ele expressa algum sinal de dor. O feedback fornecido pelo sistema sensorial da visão pode promover uma contração muscular mais potente.

A resistência aplicada deve ser apropriada ou ótima e é utilizada para: facilitar a habilidade do músculo em se contrair, aumentar o controle motor, ajudar o paciente a adquirir consciência dos movimentos, aumentar a força muscular.

A resistência aplicada de forma apropriada resulta em irradiação e reforço. Irradiação pode ser definida como a deflagração da resposta ao estímulo, esta resposta pode ser vista como aumento da facilitação (contração) ou inibição (relaxamento) nos músculos sinérgicos e padrões de movimento. A resistência ao movimento é responsável pela produção da irradiação. O reforço é equivalente a "tornar mais fácil", o terapeuta direciona o reforço pra os músculos fracos pela quantidade de resistência aplicada nos músculos fortes.

A sincronização dos movimentos refere-se à direção em que os movimentos serão executados, de distal para proximal. Nos padrões habituais normais, a maior amplitude começa distalmente, porém não podemos permitir toda a amplitude distal até não começar também a movimentação intermediária e proximal.

A técnica constitui-se de padrões individuais de membros superiores e inferiores, padrões de escápula, cabeça e pescoço, padrões de marcha, além de atividades integradas, que são uma sequência de aprendizagem tendo como base o processo de maturação cerebral e desenvolvimento motor. O objetivo dessas atividades é dar independência ao paciente e ensiná-lo novamente o "automático". Para a realização das atividades integradas utilizam-se os processos básicos durante a realização de trocas posturais e manutenção de posturas.

segunda-feira, 4 de julho de 2016

Aplicação do Kabat na Lombalgia e na Lombociatalgia

https://emmovimentoespaco.files.wordpress.com/2014/10/kabat-3-1.jpg?w=584

Hérnia de disco lombar (HDL) é o deslocamento anormal do disco intervertebral. A lombalgia ou lombociatalgia pode resultar da irritação ou compressão das raízes nervosas na parte inferior da coluna, na maioria das vezes a quinta raiz lombar ou a primeira sacral irritada por uma hérnia de disco. Caracteriza-se como dor ciática a irradiação para o membro inferior (es) ao longo da distribuição do nervo ciático geralmente relacionado a uma pressão mecânica e/ou inflamação das raízes nervosas lombossacrais.

O tratamento inicial é conservador na maioria dos casos, incluindo um programa de reabilitação e medicamentos como antiinflamatórios. Uma das opções que se tem são os exercícios de Facilitação Neuromuscular Proprioceptiva (FNP) são projetados para aumentar a resposta neuromuscular estimulando mecanismos proprioceptores baseando-se na aplicação de movimentos em diagonais, nos quais se consegue contração alternada de músculos agonistas e antagonistas, e tem como objetivo melhorar (facilitar) o desempenho do sistema neuromuscular pela estimulação de proprioceptores musculares e articulares, utilizando ainda técnicas de irradiação de força muscular.

O método de FNP representa uma possibilidade terapêutica para o tratamento de indivíduos com diagnóstico de hérnia de disco e quadro de lombociatalgia persistente, e parece apresentar-se como boa possibilidade para a reabilitação destes pacientes, especialmente na abordagem da dor e funcionalidade.

Saiba mais aqui

sexta-feira, 3 de junho de 2016

Importância do tratamento de Terapia Manual

http://fisioeguzki.com/wp-content/uploads/2013/04/eguzki_676.jpg

A terapia manual consiste em utilizar as mãos para influenciar a capacidade de reparo do organismo. Assim, a manipulação afeta propriedades mecânicas dos tecidos como elasticidade, força e alongamento.

A terapia manual trata as deficiências neuromusculares decorrentes de doenças e lesões musculoesqueléticas como perda de equilíbrio e movimento.

A terapia manual permite a correção postural, além de causar reações psicológicas que apresentam uma resposta somática traduzida pelo relaxamento e sensação de bem estar. A fisioterapia manual consiste em utilizar as mãos para recompor a capacidade de reparo do organismo. Assim, a manipulação afeta propriedades mecânicas dos tecidos como elasticidade, força e alongamento. Ela trata as deficiências neuromusculares decorrentes de doenças e lesões musculoesqueléticas como perda de equilíbrio e movimento, permite a correção postural, além de causar reações psicológicas que apresentam uma resposta somática traduzida pelo relaxamento e sensação de bem estar.

Várias técnicas compreendem a terapia manual, dentre as quais pode-se destacar a manipulação articular, mobilização neuromeníngea, facilitação neuromuscular proprioceptiva – Kabat, reeducação postural global, massoterapia, massagem transversa profunda, técnica de energia muscular, conceitos Mulligan e Maitland.

Após uma avaliação clínica criteriosa e baseada na compreensão dos mecanismos fisiológicos da terapia manual. O fisioterapeuta utiliza as técnicas mais eficazes da terapia manual para o quadro clínico.

quarta-feira, 18 de maio de 2016

Princípios da Facilitação Neuromuscular Proprioceptiva

https://i.ytimg.com/vi/LrV-ByNk5AU/maxresdefault.jpg

O método Kabat (Facilitação neuromuscular proprioceptiva) é mais do que uma técnica. É uma filosofia de tratamento e a base desta filosofia está no conceito de que todo ser humano, incluindo aqueles portadores de deficiência, tem um potencial ainda não explorado.

As técnicas de FNP baseiam-se principalmente na estimulação dos proprioceptores para aumentar a demanda feita ao mecanismo neuromuscular, para obter e simplificar suas respostas. A importância dos proprioceptores, em particular do fuso muscular, foi reconhecida como um fator-chave na facilitação da contração dos músculos.

Baseado nesta filosofia, certos princípios são básicos para o método:

- Qualquer ser vivo possui um potencial e para se desenvolver este potencial é oferecer uma demanda.
- Cada indivíduo é considerado como um todo, integrando estímulos sensoriais, motores e psicológicos, por isso todo o tratamento deve ser direcionado ao ser humano, e não a um problema específico.
- A demanda sobre o paciente é orientada funcionalmente durante o tratamento.
- Se o paciente tem sucesso, acaba esforçando-se mais.
- O tratamento é iniciado no nível funcional do paciente, progredindo para atividades mais complexas.
- São utilizadas atividades que acompanham a sequência do desenvolvimento motor normal.
- O ser humano não se movimenta em plano reto, mas num movimento tridimensional.
- Respeitar o tempo do movimento.
- Atingir a resposta máxima é a forma mais eficaz de alcançar consciência, força, coordenação e endurance.
- A repetição da resposta é utilizada para aumentar ou promover e manter a aprendizagem motora.

Didaticamente o método se divide em processos básicos que fornecem ao terapeuta ferramentas necessárias para ajudar seus pacientes a atingir uma função motora eficiente. Essa eficiência não depende necessariamente da colaboração do paciente e esses procedimentos são usados para: aumentar a habilidade do paciente em mover-se e permanecer estável, guiar o movimento com a utilização de contatos manuais adequados e de resistência apropriada, ajudar o paciente a obter coordenação motora e sincronismo, aumentar a histamina do paciente e evitar a fadiga.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

5 cursos online para o Kabat - Fisioterapia

O fisioterapeuta que trabalha com o Kabat e outras terapias manuais precisam estar atuados sobre outros aspectos dentro da Fisioterapia.

Por isso, separei 5 cursos online para que a atualização seja completa.

Curso Online de Testes Especiais em Fisioterapia

 Curso Testes Especiais em Fisioterapia

O curso Testes Especiais em Fisioterapia, por meio da Educação a Distância, oferece ao profissional de fisioterapia conhecimentos sobre lombar, avaliação postural, Teste de Valsalva, Teste de Milgram e muito mais.


Curso Online de Método Kabat

 Curso Método Kabat

O curso Método Kabat, por meio da Educação a Distância, oferece ao profissional de fisioterapia conhecimentos sobre padrão de facilitação, reflexo, estímulo de estiramento e muito mais.


Curso Online de Doenças Neuromusculares

 Curso Doenças Neuromusculares

O curso Doenças Neuromusculares oferece ao profissional de fisioterapia conhecimentos sobre miopatias infantis, distrofias musculares, paralisias periódicas, esclerose lateral amiotrófica, neuroplasticidade e muito mais.


Curso Online de Tratamento Miofascial

Curso Tratamento Miofascial
 
O curso Tratamento Miofascial, por meio da Educação a Distância, oferece ao profissional de Fisioterapia conhecimentos sobre sistema fascial, princípios da osteopatia, fisiologia neuromuscular, filosofia osteopática e muito mais.


Curso Online de Biomecânica

 Curso Biomecânica

O curso Biomecânica oferece ao profissional de Educação Física e Fisioterapia conhecimentos sobre como analisar o movimento humano com base nos princípios biomecânicos e anatômicos do corpo humano e muito mais.

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Objetivo da Facilitação neuromuscular proprioceptiva – Kabat

http://portalbiocursos.com.br/ohs/data/images/12/PNF_3.jpg

É um método de promover a reação do mecanismo neuromuscular através da estimulação de proprioceptores. Uso de padrões de movimentos em diagonais e espirais para engobar as funções. Faz uso de alongamento máximo e biomecânico potencializando as fibras musculares e movimentos funcionais, ocorrendo irradiação de força distal para proximal.
Na realização do alongamento máximo, ocorre o estiramento do fuso muscular facilitando uma contração mais eficaz, ativando mecanismo de arco reflexo. É uma técnica ritmada para que se obtenha uma melhor resposta do paciente.

Objetivo da técnica: favorecer contração voluntária, controle de tônus muscular, promover alongamento e fortalecimento muscular, melhorar a resistência do paciente, promover equilíbrio entre os músculos antagonistas, agonista e sinergista, melhorar coordenação motora, aprendizado de padrões funcionais de movimento.

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Kabat na recuperação neurofuncional

http://portalbiocursos.com.br/ohs/data/images/19/pnf.jpg

Antigamente, os pacientes neurológicos eram tratados apenas com técnicas de cinesioterapia realizada em grandes ginásios de reabilitação. Hoje, com as modernas técnicas, com o aprimoramento constante dos profissionais e com a evolução tecnológica, essa área da fisioterapia obtém grandes resultados no processo de reabilitação de pacientes com sequelas neurológicas.

O maior objetivo da fisioterapia neurofuncional é proporcionar maior grau de independência e melhora na qualidade de vida. Ela pode minimizar as alterações neurológicas como: dor, espasmos musculares, fadiga e desequilíbrio ou proporcionar uma recuperação completa em pacientes com diversas condições neurológicas. No entanto, essa evolução é um fator individual, onde cada paciente vai reagir de uma forma diferente. O importante é que eles sejam acompanhados por um fisioterapeuta especialista, que irá direcionar as condutas da melhor forma e obter melhores resultados no processo de reabilitação.

A terapia de Kabat ajuda muito nesse processo porque compõe-se de técnicas específicas que visam promover o movimento funcional por meio de facilitação, inibição, fortalecimento e relaxamento dos grupos musculares. Essas técnicas utilizam contrações musculares concêntricas, excêntricas e estáticas, combinadas com resistência propriamente graduada e procedimentos facilitatórios adequados, todos ajustados para atingir as necessidades de cada paciente