terça-feira, 21 de maio de 2013

O que são técnicas de ênfase, no Kabat?


>




As técnicas de ênfase usam os meios de facilitação para corrigir os
desequilíbrios musculares e restaurar a capacidade de executar
movimentos coordenados eficientes.

1) Contrações Repetidas

A repetição da atividade contra a resistência é essencial para o
desenvolvimento da força e tolerância musculares. A contração de
determinados músculos fracos ou componentes mais fracos de um padrão é
repetida nesta técnica, enquanto eles estão sendo reforçados pela
contração isotônica ou isométrica máxima de músculos aliados mais
fortes.

2) Reversões Lentas

Esta técnica é baseada no princípio de Sherrington de indução
sucessiva, isto é, imediatamente após o reflexo flexor ser elicitado a
excitabilidade do reflexo extensor é aumentada. Este principio é
aplicável ao movimento voluntário e à interação de grupos antagonistas
na execução de movimentos. A contração de músculos antagonistas ou
padrões fortes é usada como fonte de estimulação proprioceptiva para
músculos ou padrões antagonistas mais fracos.


3) Estabilização Rítmica

A contração isométrica de músculos antagonistas é usada nesta técnica
de estabilização das articulações. A estabilidade é mantida contra a
resistência pela contração de músculos antagonistas.

4) Contração Isométrica

Esta é uma técnica de relaxamento cujo objetivo é obter reação de
alongamento de músculos, cuja ação é antagonística ao movimento
limitado na amplitude. É eficiente, simples e indolor.

5) Iniciação Rítmica

Esta é uma técnica de relaxamento de aplicação específica para a
rigidez da Doença Parkinson.

Você conhece o nosso Drive Virtual de Conteúdo spbre Terapia Manual? Clique aqui e conheça!

Comente:

Nenhum comentário:

Postar um comentário