terça-feira, 3 de janeiro de 2017

A resistência no Kabat


>







A resistência no Kabat é usada para facilitar a habilidade do músculo em se contrair, aumentar o controle motor, ajudar o paciente a adquirir consciência dos movimentos e aumentar a força muscular.

A quantidade de resistência deve estar de acordo com as condições do paciente e com os objetivos da atividade. Inspirações e expirações controladas durante o movimento podem aumentar a força e a amplitude do movimento do paciente.

A aplicação de resistência dependerá do tipo de contração muscular a ser resistido.

Tipos de contração muscular:

 1. Isotônica: o paciente tem intenção de produzir movimento.

a) Concêntrica: o encurtamento do agonista produz movimento.

b) Excêntrica: uma força externa, gravidade ou resistência, produz o movimento.

c) Isotônica mantida: o paciente tem intenção de produzir movimento, mas este é impedido por uma força externa.

2. Isométrica: a intenção de ambos, tanto do terapeuta quanto do paciente, é de que nenhum movimento aconteça.


Você conhece o nosso Drive Virtual de Conteúdo spbre Terapia Manual? Clique aqui e conheça!

Comente:

Nenhum comentário:

Postar um comentário